quinta-feira, 17 de março de 2011

COMO FUGIR DA TENTAÇÃO?

Responder a esta pergunta talvez não seja tão fácil; entretanto, é plenamente possível adquirir condições para fugir da tentação. A Bíblia nos manda “resistir ao diabo e ele fugirá de nós” (Tiago 4.7b). Para que resistamos ao tentador necessitamos de algumas providências: Não devemos ficar em lugares ou, com pessoas que poderão nos influenciar para o mal. No livro dos Salmos, capítulo primeiro, versículo primeiro está escrito: “Bem--aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores”. Entendemos que, é nossa responsabilidade não compactuar com as coisas erradas praticadas pelos nossos familiares ou amigos. Outra providência é alimentar a mente com coisas que agradem a Deus. O apóstolo Paulo escreveu: “...tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro , tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor nisto pensai”(Filipenses 4.8). A nossa luta diária é contra as coisas invisíveis, do mal, que poderão afetar a nossa natureza humana, pois, a inclinação para o pecado é inerente a todos nós; por isso não podemos alimentar o que não presta e não nos serve para o bem. Cada tentação, a princípio, pode parecer sem muitas consequências; o diabo é astuto e sabe que não nos conseguirá derrotar nas áreas em que estivermos fortes; ele tentará de forma sutil a não causar grandes estragos. É preciso que entendamos não ser a tentação um pecado, porém, se não a resistirmos e a deixarmos concretizar-se, caracterizar-se-á a culpabilidade. O Rei Davi alimentou a tentação e deixou-se vencer por ela; as consequências foram muitas, mesmo tendo ele sido perdoado por Deus. O que precisamos fazer para vencer a tentação e não pecarmos contra Deus? A primeira providência é orar; abrir o coração e pedir ajuda ao Senhor; não dar ouvidos ao que o tentador quiser colocar em nosso coração; não olhar mais para as coisas passadas, aliás o diabo é mestre em querer tirar a nossa paz, através de erros do passado; olhar para Jesus Cristo, autor e consumador de nossa fé; focar nas verdades bíblicas como refrigério para a nossa alma e não esquecer que Deus nos concederá o escape para todas as tentações, se fizermos a escolha de viver para servi-Lo de todo coração.

2 comentários:

Bela disse...

Tudo o que eu precisava ouvir hoje era isso!! Graças a Deus, obrigada Senhor. Que Deus abençoe muito sua vida meu irmão!

Bela disse...

Tudo o que eu precisava ouvir hoje era isso!! Graças a Deus, obrigada Senhor. Que Deus abençoe muito sua vida meu irmão!